Quem pode utilizar o Marketing de Autoridade?

Introdução

Você provavelmente já sabe que o Marketing de Autoridade é uma das estratégias mais quentes da atualidade, não é mesmo?

Apesar disso, é muito comum que as pessoas pensem que as ações de MdA só podem ser utilizadas por personalidades com alto potencial de investimento.

É claro que todo negócio, incluindo o marketing, é potencializado pelo capital, mas existem várias outras maneiras de igualar a situação.

Bom, se você se pergunta para quem é o Marketing de Autoridade, chegou ao lugar certo.

A seguir, descubra se você pode utilizá-lo, como fazê-lo e outras valiosas lições. Acompanhe as linhas que se seguem e descubra um novo oceano de oportunidades!

Mas antes, o que é o Marketing de Autoridade?

Antes de tudo, é preciso considerar o que é o Marketing de Autoridade.

Basicamente é o ato de acelerar a conquista de confiança dos consumidores por meio de uma marca pessoal.

Nesse contexto, as pessoas passam a comprar não pelo branding corporativo ou o produto em si, mas pela afinidade e segurança no indivíduo.

No caso, a fórmula utilizada é:

  • Marketing de Autoridade = credibilidade + visibilidade.

Esses são os dois os alicerces dessa estratégia.

A credibilidade é gerada por meio da instrução, do compartilhamento de conhecimento. Portanto, leva algum tempo até ser alcançada.

Já a visibilidade está relacionada ao alcance da imagem e das ideias do indivíduo. Ela pode ser impulsionada por ações de marketing, inclusive algumas instantâneas, como o efeito viral, a exposição em grandes canais ou os links patrocinados.

Essa combinação transforma o modelo de negócios de qualquer empresa. A partir de sua aplicação, é possível elevar vendas, gerar receita, diminuir o ciclo de venda, gerar leads e aumentar a retenção de clientes.

Afinal, quem pode utilizar o Marketing de Autoridade?

A pergunta que se encontra tanto no título quanto no subtítulo do texto é um tanto quanto astuta.

Se você direcioná-la a um profissional, provavelmente ele lhe dirá que qualquer pessoa pode extrair benefícios do uso do MdA.

E, certamente, não estará mentindo.

De pessoas que adoram compartilhar um tweet a grandes best-sellesr internacionais, literalmente qualquer um pode tornar-se uma autoridade em um assunto.

No entanto, há algumas premissas para tal.

Primeiramente, a vontade de compartilhar conhecimento. A autoridade como a vemos, é conquistada e não imposta como em outras situações. Portanto, está diretamente relacionada à admiração.

Segundo, o desejo de alcançar um grande número de pessoas. Mesmo que em públicos segmentados, é preciso utilizar os conhecimentos adquiridos para atingi-lo. Com isso só podemos concluir que é preciso “botar a cara”.

A conjunção dessas e outras características tornam o indivíduo o vetor perfeito para se tornar uma autoridade em algum assunto.

Nesse caso, vale reparar, que é natural do ser humano a habilidade de ensinar, entreter e se relacionar.

Ou seja, cada um de nós está apto a dominar um assunto e partilhar os conhecimentos sobre ele. Sobra a vontade de receber atenção e admiração pelo que é ensinado. E fazer disso um meio de vida.

Há alguns perfis que parecem se encaixar nesse tipo de imagem. Vamos saber um pouco mais sobre cada um deles a seguir.

Líderes

A maneira a qual nos referimos aos líderes não deve ser confundida com um autoridade imposta, como a de um chefe no mercado de trabalho.

Um líder é alguém que inspira. O responsável por extrair das pessoas o máximo de suas funcionalidades.

Ou, no caso, aqueles que têm autoridade conquistada. As pessoas o seguem não pelo símbolo estampado no peito, mas pelas palavras e atitudes pelo indivíduo proclamadas e tomadas.

É inerente desse perfil de pessoa se preocupar com os demais e ter ideias que estimulam a atuação coletiva.

Nesse tipo de situação, o Marketing de Autoridade tem um efeito catalisador nos líderes que motivam e alegram.

CEOs

CEOs e outros profissionais de nível executivo (também chamados de C-Level) também podem se beneficiar dos efeitos do Marketing de Autoridade.

É claro que, além de serem líderes exemplares, os que têm maiores chances de sucesso são os que aplicam pensamentos baseados em estímulos em suas equipes e consumidores.

Um C-Level geralmente representa o rosto de uma empresa. No mundo atual, as pessoas não lidam mais com logotipos e cores, mas com as pessoas que constroem aquela empresas.

Seus ideais, filosofia de vida e causas apoiadas realmente importam na hora da decisão da compra. Nesse sentido, o presidente torna-se muito mais um conselheiro do que um vendedor.

Empreendedores

Empreendedores têm a ousadia necessária para assumirem riscos. Afinal, todos aqueles que decidem criar uma empresa têm algo a perder.

Por outro lado, também têm muito a ganhar. Esse perfil de pessoa, que almeja alcançar o céu e construir algo que realmente gere impacto na vida das pessoas, é um ótimo exemplo para utilização do MdA.

Eles têm uma vontade imensa de conquistar objetivos e, para auxiliá-los em suas tarefas, a criação de uma imagem forte é uma aliada poderosa.

Alguns dos principais pilares do Marketing de Autoridade envolvem a oratória, as entrevistas, a publicação de artigos e livros… Enfim, várias das coisas que um grande empreendedor tem como características e vontades.

Produtores de Conteúdo

Todo mundo sabe que, nos dias de hoje, a produção de conteúdo é a maior fonte de tráfego da internet.

O produtores de conteúdo são aqueles responsáveis pela propagação da informação dos mais diversificados modos de ensino.

São, portanto, perfis ideais de pessoas para utilizar o Marketing de Autoridade para otimizar o potencial de suas vozes.

Aqui nos referimos aos mais variados tipos de criadores. Por exemplo:

  • Redatores,
  • Videomakers,
  • Podcasters,
  • Escritores,
  • YouTubers,
  • Streamers,
  • Blogueiros,
  • Instagrammers,
  • e muito mais.

A ascensão da internet permitiu que as  pessoas despertem o poder de mídia adormecido dentro de si.

Todos temos algo a compartilhar com o mundo. Esse é, efetivamente, o grande potencial da web.

Hoje é possível que todos possamos ensinar e aprender através do meio de comunicação de abrangência global.

Assim, produtores de conteúdo são pessoas que podem utilizar o Marketing de Autoridade na realização dos próprios sonhos.

Professores

Seguindo essa mesma linha, temos os professores. Observe que, nesse caso, não nos referimos somente a pessoas que dão aulas em escolas e universidades, mas a todos que ensinam de alguma maneira.

Ora, todos nós vivenciamos experiências únicas e temos algo sobre o que falar. A internet facilita esse processo, já que os públicos são específicos.

Um professor é alguém que repassa o conhecimento, mas também aquele que ajuda as pessoas a resolverem problemas. Mesmo que pequenos grupos.

Nesse sentido, os professores se misturam aos produtores de conteúdo, formando uma associação de pessoas com algo a dividir.

Não são poucos os professores focados em problemáticas especiais, como cuidados com doenças raras, atividades pouco exercidas e hobbies particulares.

Contadores de histórias

O storytelling é uma das estratégias de marketing mais utilizadas no mundo atual. Isso porque as histórias têm o poder de gerar empatia. As pessoas se colocam no lugar do interlocutor ou personagem.

E cada ser humano tem vários causos para contar. Afinal, experiência pessoais são, com o perdão da redundância, pessoais.

Conclui-se, então, que qualquer um que tenha algo para compartilhar adquirido de maneira empírica, pode se tornar alguém influente por meio do Marketing de Autoridade.

E você, se encaixa em algum dos perfis aqui citados? Em caso positivo, conte pra gente! Os comentários estão logo abaixo e podemos bater um papo agradável sobre o assunto!